Follow by Email

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

1 minuto de silêncio.

O silêncio... Taí uma coisa que se assemelha imensamente aos meus antagonismos. Ele é a resposta para inúmeras coisas e a ausência desta para inúmeras outras. Esta coisinha simples que nos assola todos os dias em diversas situações indo de confortador até extremamente incômodo, tem a capacidade de preencher totalmente um espaço ou esvaziá-lo de um segundo para o outro. Como uma coisa tão abstrata pode significar tanta coisa e nenhuma coisa ao mesmo tempo? O silêncio, creio eu, tem onipotência, onisciência e onipresença. Às vezes fico pensando que deve ser ele quem detém a respostas de todas as perguntas e que ele é a verdade de todas as respostas... Uma coisa muito estranha mesmo de se pensar, mas para mim faz um enorme sentido. A minha cabeça raramente está em silêncio (quase nunca, ou nunca mesmo), tenho uma mente inquieta e cheia de coisas o tempo todo, mas quando consigo um segundo de silêncio mental encontro respostas pra quase todas as minhas perguntas. A sabedoria milenar do oriente prega isso há milênios, aquiete sua mente que as respostas virão... Medite. Coisa difícil de fazer nesta sociedade em que tudo o que se preza é o movimento, o barulho, a ação. Não digo que estas coisas não são essenciais, mas escutar-se, ouvir o som do silêncio é primordial para a sobrevivência. São nestas ocasiões que nos permitimos entender o que se passa ao nosso redor e em nós mesmos, é aí que podemos perceber o que está acontecendo na nossa vida e com a gente. Viver nesta roda-viva sem parar um minuto, sem pensar realmente, sem ouvir-se, faz da gente zumbis, meros repetidores e seguidores das idéias, desejos, sonhos, projetos que não nos pertencem de verdade, mas que nos são passados o tempo todo sem percebermos. Quem disse que quero ser ou estar onde estou? Às vezes somos atropelados pela multidão de idéias e de coisas desta sociedade pós-moderna, que nem nos damos conta, e seguimos sem perceber em que direção nossa vida está indo. Cheguei à conclusão que a razão disso acontecer, é não ouvirmos o silêncio. O Tudo contido no Vazio do Silêncio liberta a Alma e preenche a Mente com as verdadeiras Verdades. Façamos 1 minuto de silêncio diário pelo bem de nossa alma...

2 comentários:

  1. muito difícil para mim. tenho problemas de concentração; tenho sempre que ocupar os ouvidos para fazer a cuca sossegar. vai como réplica um texto do arnaldo antunes sobre o silêncio:

    antes de existir computador existia tevê
    antes de existir tevê existia luz elétrica
    antes de existir luz elétrica existia bicicleta
    antes de existir bicicleta existia enciclopédia
    antes de existir enciclopédia existia alfabeto
    antes de existir alfabeto existia a voz
    antes de existir a voz existia o silêncio
    o silêncio
    foi a primeira coisa que existiu
    um silêncio que ninguém ouviu
    astro pelo céu em movimento
    e o som do gelo derretendo
    o barulho do cabelo em crescimento
    e a música do vento
    e a matéria em decomposição
    a barriga digerindo o pão
    explosão de semente sob o chão
    diamante nascendo do carvão
    homem pedra planta bicho flor
    luz elétrica tevê computador
    batedeira, liquidificador
    vamos ouvir esse silêncio meu amor
    amplificado no amplificador
    do estetoscópio do doutor
    no lado esquerdo do peito, esse tambor

    ResponderExcluir
  2. shiiiiiiiiiiiiii! preciso de vc até no silencio...obrigada por ouvir meu silencio, entende-lo e me confortar...vc é tudo pra mim!te amu!
    sua mana
    Amazona

    ResponderExcluir